17/03/2017

Polícia Ambiental constata pássaros mantidos ilegalmente em cativeiro em Marília

Nesta quarta-feira, 14 de março, policiais militares do 2º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, destacados no 1º Pelotão de Marília, em atendimento de denúncia pelo Bairro Palmital, constataram dois pássaros da espécie sabiá laranjeira e coleirinho baiano mantidos ilegalmente em cativeiro e com indícios claros de adulteração em suas anilhas de identificação.


Diante dos fatos, foi elaborado o Auto de Infração Ambiental, no valor de R$ 1.000,00, por ter em cativeiro espécime da fauna silvestre sem autorização do órgão competente. O infrator responderá pelo crime ambiental previsto no artigo 29 da Lei Federal 9605/95 e pelo crime previsto no artigo 296 parágrafo do Código Penal. 

Comentários

Enviar Comentário

Lojas Garça Online

Tempo Garca