16/05/2017

Evento “Saúde na Praça” realizou mais de 100 testes no sábado

No último sábado, 13, a Secretaria de Saúde de Garça realizou a ação “Saúde na Praça”, quando o grupo do Programa de DST-Aids em Garça realizou testes rápidos para hepatites B e C e HIV. O resultado, segundo a enfermeira Sebastiana de Almeida, que atua no Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) foi positivo, com a realização de 101 testes.

“Foi uma ação importante que nos aproximou da população, num dia de movimento no centro comercial. Muitas pessoas nos procuraram para a realização dos testes”, falou a enfermeira.

Segundo ela, alguns dos pontos positivos, citados por aqueles que realizaram os testes foram a rapidez no atendimento e o próprio acolhimento da equipe. “A demora, que não podemos dizer demora, foi em aguardar o resultado dos exames. As pessoas gostaram”, disse ela, lembrando que todos saíram já sabendo o resultado.

De acordo com Sebastiana, essas ações são importantes, pois atuam diretamente no diagnóstico precoce, o que possibilita um tratamento mais eficaz – nos casos positivos –melhorando a qualidade de vida das pessoas.

“O teste rápido é gratuito, sigiloso e confiável. O resultado sai em aproximadamente 30 minutos e a privacidade e o sigilo do paciente são garantidos. Eventuais diagnósticos positivos são direcionados para serviços de referência da rede pública de saúde, para que se possa dar início ao tratamento. No dia a dia, muitas vezes a pessoa deixa passar, sempre falando que vai a qualquer hora. Ficamos lá de manhã até o período da tarde e as pessoas mostraram interesse, o que foi importante”, falou ela.

Sebastiana explicou que aqueles que não realizaram o teste no último sábado, podem fazê-lo de segunda a sexta-feira diretamente no CTA que funciona no Centro de Especialidades (Postão) das 7h30 às 11h30 e das 13 às 16h30. São realizados testes para hepatites B e C, Aids e sífilis.

Como frisou Sebastiana, as ações na área da saúde têm como propósito ampliar a conscientização da população quanto às doenças e suas consequências, e muito embora muitos só se pense no vírus da Aids, existe uma grande preocupação com os vírus das hepatites e com o crescente número de casos de sífilis.

Embora ainda não se tenha feito um levantamento do perfil daqueles que realizaram o teste no último sábado, os primeiros números apontam que a maioria é homem, com idade superior a 35 anos. 

Comentários

Enviar Comentário

Lojas Garça Online

Tempo Garca