12/07/2017

PM identifica dono de búfalo que matou homem em Marília

A Polícia Militar identificou o proprietário do búfalo que matou antes de ontem (10) o aposentado Mário Eugênio Tavares, de 68 anos. Trata-se do construtor Cleilson Dantas de Souza, de 48 anos. O caso foi registrado como homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e omissão de cautela na guarda/condução de animal.

A vítima foi ferida pela manhã com chifradas e coices na rua Lídia de Freitas Beraldo, no bairro Expedicionário Alberto Herrera, zona Oeste de Marília, próximo de uma propriedade rural. O búfalo impedia a aproximação da equipe de Resgate até a vítima. Após manobras, os bombeiros conseguiram chegar até o homem ferido e constataram que ele estava em parada cardiorrespiratória.

O homem foi levado às pressas para o Hospital das Clínicas, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. De acordo com a esposa da vítima, que teria testemunhado o ataque do animal, Tavares entrou no lote onde o búfalo estava, que fica ao lado de sua propriedade, para cortar os galhos de uma árvore.

A reportagem do site Marília Notícia conversou com o dono do búfalo, que disse que o animal é manso e a vítima, seu amigo, não deveria ter entrado na propriedade. “Tenho foto de criança de três anos em cima do búfalo. Isso nunca aconteceu”, disse Cleilson. Ele acredita que a vítima possa ter incitado o animal. “A perícia foi feita e estou colaborando com a polícia. Não devo nada”, afirmou o dono do bubalino.

Comentários

Enviar Comentário

Lojas Garça Online

Tempo Garca