Fábio Dias
09/01/2014
Garça 

Saidinha de presos tem 53 foragidos na região

A Vara de Execuções Criminais (VEC) confirmou que 53 dos 807 presos beneficiados pela saída temporária

 A Vara de Execuções Criminais (VEC) confirmou que 53 dos 807 presos beneficiados pela saída temporária não voltaram para as unidades prisionais da região. O índice de evasão totalizou 6,5%, inferior em comparativo com o mesmo período do ano passado.

A penitenciária de Marília contabilizou 5,4% de evasão. A unidade concedeu o benefício a 386 presos do regime semiaberto e 21 não regressaram. O Centro de Ressocialização (CR) teve sete reeducandos que não voltaram dentro do prazo. A unidade tinha concedido o benefício da saidinha a 169 detentos, representando 4,1%. Já a unidade prisional de Getulina registrou evasão de 19,5%.

A unidade colocou em liberdade 46 detentos que cumprem pena em regime fechado e aguardam remoção para o semiaberto e após 15 dias do benefício, oito não voltaram para a penitenciária. A unidade de Álvaro de Carvalho teve 11,3% de foragidos. Ao todo o benefício foi concedido a 79 detentos e nove não voltaram. A penitenciária feminina de Pirajuí teve índice de 5,5% de foragidas. A VEC colocou em liberdade vigiada 127 detentas e sete fugiram durante o benefício. Os detentos que descumpriram o prazo estabelecido pela Justiça são considerados foragidos e, caso sejam recapturados eles regressam para o regime fechado para cumprimento do restante da pena sem direito a novo benefício até julgamento de recurso.

 

Jornalcomarca


Comentários

Nota Importante: O Portal Garça Online abre espaço para comentários em suas matérias, mas estes comentários são de inteira responsabilidade de quem os emite, e não expressam sob nenhuma circunstância a posição/opinião oficial do Portal ou qualquer de seus responsáveis em relação aos respectivos temas abordados.