Lucas Dias
06/12/2018
Garça 

Deyse Serapião fala sobre brinquedos inclusivos e Projeto LIA para Garça

Seguindo sua área de atuação e sua frequente preocupação com o social e aproveitando o Dia Internacional de Pessoas com Deficiência, na segunda-feira, 3 de dezembro, a vereadora Deyse Serapião apresentou requerimento solicitando ao prefeito a possibilidade de adquirir brinquedos inclusivos para Garça. Os brinquedos fazem parte do Projeto LIA (Lazer, Inclusão e Acessibilidade).

Anúncio

Seguindo sua área de atuação e sua frequente preocupação com o social e aproveitando o Dia Internacional de Pessoas com Deficiência, na segunda-feira, 3 de dezembro, a vereadora Deyse Serapião apresentou requerimento solicitando ao prefeito a possibilidade de adquirir brinquedos inclusivos para Garça. Os brinquedos fazem parte do Projeto LIA (Lazer, Inclusão e Acessibilidade).

“O projeto é o movimento de pessoas que querem difundir a importância da inclusão também na diversão. São brinquedos itinerantes que podem ficar em parques, praças, escolas, para crianças que não tem a oportunidade de ter esses brinquedos. Eles são adaptados em parquinhos´”, falou ela lembrando que as pessoas com deficiência tem esse direito.

A vereadora lembrou que o projeto vai além de equipamentos adaptados, ou uma simples brincadeira. São detalhes que fazem toda a diferença e possibilitam uma reflexão sobre a igualdade nas diferenças.

“Parabéns a todos que superam as diferenças sempre com um sorriso e bom humor”, falou Deyse.
Ao defender a solicitação ela salientou que o Projeto LIA já foi implantado em Curitiba, Limeira e recentemente em Bauru.

A vereadora lembrou um dos princípios da Declaração Universal dos Direitos da Criança que diz que “A criança deve desfrutar plenamente de jogos e brincadeiras os quais deverão estar dirigidos para educação; a sociedade e as autoridades públicas se esforçarão para promover o exercício deste direito.”

“Brincar é coisa séria. Através dos brinquedos e das brincadeiras as crianças desenvolvem suas habilidades, percepções, raciocínio, criatividade e aprendem sobre sua relação com si mesmas e com o outro. No caso das crianças com deficiência, o brincar também é utilizado como instrumento para que elas superem suas dificuldades”, colocou Deyse.  

Conforme salientou a edil, por mais que possam apresentar dificuldades maiores para realizar certas atividades diárias, crianças com deficiência devem ser o tempo todo estimuladas a encontrar sua autonomia, por mais trabalhoso e demorado que possa parecer esse processo.

A edil pede esforço para que Garça receba o Projeto Lia e possibilite a inclusão tirando do clausuro muitas crianças que ficam em suas casas.    

“Mais uma vez quero cumprimentar a vereadora pela iniciativa. Por esse requerimento assim como o da eco bicicletas. Eu acho muito importante buscar trazer uma maior dignidade para essas crianças, para o deficiente. Sós sabe a dificuldade que tem o deficiente, o próprio deficiente ou seus familiares. Precisamos abrir os nossos olhos para essa realidade e por isso eu a cumprimento e parabenizo pela iniciativa”, falou Reginaldo Parente (PTB).

Sem eu requerimento ela disse que o kit é composto por uma balança, gangorra, tirolesa e um skate. Todos são adaptados para crianças com e sem deficiência brincarem juntas.

Como os brinquedos são desmontáveis, o kit pode ser levado para vários locais fechados e ao ar livre.    


Comentários

Nota Importante: O Portal Garça Online abre espaço para comentários em suas matérias, mas estes comentários são de inteira responsabilidade de quem os emite, e não expressam sob nenhuma circunstância a posição/opinião oficial do Portal ou qualquer de seus responsáveis em relação aos respectivos temas abordados.