Lucas Dias
11/01/2019
Garça 

Arrecadação de impostos cresce mais de 8% nos 10 primeiros dias do ano em Garça


O governo começou o ano com o cofre mais cheio. O Impostômetro aponta que nos 10 primeiros dias do ano o garcense já pagou R$ 779.369,53 (até às 20 horas de ontem) em impostos.

Anúncio


O governo começou o ano com o cofre mais cheio. O Impostômetro aponta que nos 10 primeiros dias do ano o garcense já pagou R$ 779.369,53 (até às 20 horas de ontem) em impostos. O valor representa um aumento de 8,31% frente aos R$ 719.542,80 arrecadados entre 01 e 10 de janeiro do ano passado. O aumento pode ser maior, considerando que os dados de 2019 foram contabilizados até às 20 horas de ontem.

“É sempre uma preocupação a questão de impostos no Brasil. Em 10 dias nós já pagamos mais de 700 mil reais, só de impostos, num aumento considerável em relação ao ano passado. Isso num momento em que se faz necessário repensar o cenário econômico. A expectativa é de mudanças”, coloca o gerente da Associação Comercial e Industrial de Garça, Fábio Dias.

No ano passado, de janeiro a dezembro, o garcense pagou RS 2018

R$ 22.090.704,44 de impostos. Em termos reais, houve incremento de 10,86% em relação a 2017, quando foram arrecadados R$19.925.192,50 de impostos em território garcense. Foram R$ 2.165.511,94 a mais arrecadados em tributos no ano passado.

A informação é do Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), que contabiliza os valores arrecadados pelos estados e municípios.

Os dados correspondem o total de impostos, taxas e contribuições pagos no estado acreano desde 1º de janeiro a 31 dezembro de 2018. O impostômetro foi criado em 2005 e informa o valor total de impostos, taxas, contribuições e multas que a população brasileira paga para a União, os estados e os municípios.


Os números são atualizados em tempo real.

Levando em conta todo o país, foram arrecadados, em 2018, R$ 2,38 trilhões em impostos, taxas e contribuições. Em 2017 havia sido R$ 2,17 trilhões. 

Apesar de a arrecadação ter aumentado, o número de dias trabalhados para pagar impostos se mantém constante desde 2016. Segundo o impostômetro, o brasileiro trabalha, exatamente, 153 dias no ano só para arcar com a tributação. Isso significa 5 meses por ano. 

Neste ano de 2019, a arrecadação do país já soma R$ 39,4 bilhões. Com esse dinheiro, segundo a estimativa do site, daria para comprar mais de 90 milhões de cestas básicas. 


Comentários

Nota Importante: O Portal Garça Online abre espaço para comentários em suas matérias, mas estes comentários são de inteira responsabilidade de quem os emite, e não expressam sob nenhuma circunstância a posição/opinião oficial do Portal ou qualquer de seus responsáveis em relação aos respectivos temas abordados.