Fábio Dias
27/02/2020
Região 

Delegado geral da Polícia Civil apresentou desculpas à prefeita de Vera Cruz

O transtorno e o constrangimento foram grandes. No último dia 14 de fevereiro a prefeita de Vera Cruz, Renata Zompero Dias Devito (PSDB), virou caso de polícia, em São Roque.

Anúncio

O transtorno e o constrangimento foram grandes. No último dia 14 de fevereiro a prefeita de Vera Cruz, Renata Zompero Dias Devito (PSDB), virou caso de polícia, em São Roque. Ela foi abordada por um policial civil à paisana em um centro de compras às margens da rodovia Castello Branco (SP 280) e teve a placa do carro oficial do Executivo danificada. O caso foi noticiado pela imprensa nacional. O policial civil gravou um vídeo alegando que a chefe do Executivo estava fazendo compras com o veículo oficial. Em nota, Devito diz que retornava de um compromisso na capital e que parou no local com outros integrantes de sua equipe para se alimentar quando foram abordados pelo agente, que vestia trajes civis.
Ela afirma que o homem passou a ofendê-los e ameaçá-los com arma de fogo, além de arrancar a placa do carro oficial sem autorização. Na nota, a prefeita revela, ainda, que o subprocurador municipal foi agredido fisicamente. A Polícia Rodoviária foi acionada e todos os envolvidos foram para a Delegacia de São Roque.

Vale comentar que o local é ponto de parada de vários agentes políticos que se deslocam até a capital para compromissos de trabalho.

No dia 18 de fevereiro último o delegado geral da Polícia Civil do Estado de São Paulo, Ruy Ferraz Fontes, esteve em Vera Cruz para pedir desculpas à prefeita Renata Devito.
“Passei por Vera Cruz para me desculpar em nome da Polícia Civil pelo episódio da semana passada que foi muito triste para nós. Mas que nós vamos tentar reparar com toda certeza”, disse o delegado-geral.
Conforme divulgado pela mídia regional, o delegado viajou de São Paulo para Marília, de helicóptero, somente para fazer a visita de desculpas à prefeita. Não houve outro compromisso na região.
De acordo com assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Fontes “foi até a região para conversar com a prefeita, para se desculpar. “Não é porque ela é prefeita, ele já fez isso aqui em São Paulo, em outro caso. É um costume que ele está implantando em casos que dão problema. É uma questão de gestão”, disse a assessoria de imprensa.
Durante a visita do delegado-geral, também estiveram presentes outras autoridades, como o delegado Ricardo Martines do Deinter 4, Wilson Frazão, Delegado Seccional de Marília, Valdir Tramontini e Edner Rogério Ferreira, delegados da DIG, Alessandro Marcos Kobayashi, delegado titular de Vera Cruz e o subtenente da Polícia Militar Luiz Rogério de Abreu, comandante do policiamento da cidade.
As informações da assessoria de imprensa foram passada para o Jornal Marília Notícia. (Com informações do Jornal Marília Notícia).


Comentários

Nota Importante: O Portal Garça Online abre espaço para comentários em suas matérias, mas estes comentários são de inteira responsabilidade de quem os emite, e não expressam sob nenhuma circunstância a posição/opinião oficial do Portal ou qualquer de seus responsáveis em relação aos respectivos temas abordados.