Fábio Dias
03/05/2021
Garça ACIG 

Associações Comerciais vão participar dos processos de retomada econômica e de geração de empregos no País

As Associações Comerciais vão participar do processo de retomada econômica e da geração de emprego no País.

As Associações Comerciais vão participar do processo de retomada econômica e da geração de emprego no País. Isso porque o vice-presidente da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) e deputado federal, Marco Bertaiolli, foi escolhido pela Câmara Federal para ser o relator da Medida Provisória (MP) nº 1040/2021, considerada uma das principais iniciativas do Governo Federal para acelerar a recuperação da economia e gerar mais empregos, principalmente neste momento de dificuldades que o Brasil enfrenta por conta da pandemia da Covid-19.  

“Esta é mais uma chance de colocar o Brasil dentre as melhores economias do mundo, desburocratizando a abertura de empresas e fomentando novos negócios dentro e fora do País”, afirma o vice-presidente da Facesp. 

 “As Associações Comerciais são as legítimas representantes da classe que mais gera emprego, que são as micro e pequenas empresas, e, por isso, são elas que nos ajudaram a definir as ações necessárias para mudar o atual cenário”, explicou Bertaiolli, que também é vice-presidente da Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços da Câmara dos Deputados.  

Na avaliação da Federação, a indicação de um representante da Facesp para tal posto se apresenta como uma grande oportunidade de debater e encontrar soluções para o excesso de burocracias que são apresentadas quando um empreendedor resolve abrir um negócio. Bertaiolli irá realizar reuniões com as Associações Comerciais para ouvir as demandas que poderão contribuir com a MP e, consequentemente, com a retomada. 

“Vencer estas barreiras burocráticas fará com que países desenvolvidos se sintam mais estimulados em investir no Brasil”, disse o VP da Facesp, que também é o presidente da Frente Parlamentar em Defesa das Associações Comerciais do Brasil. 


SUBINDO NO RANKING

Com a redução de burocracias no ambiente de negócios, o Brasil poderá ter um desempenho melhor no ranking Doing Business, um dos indicadores globais medidos pelo Banco Mundial, no qual o país ocupa a 124ª posição. 

O ranking, que é um dos principais parâmetros internacionais para avaliar a facilidade de realizar negócios de um país, mostra como ainda precisamos avançar economicamente. Com a Medida Provisória, o Governo Federal tem a expectativa de fazer com que o Brasil avance, em média, 15 a 20 posições e, assim, atraia mais investimentos estrangeiros. (Fonte: Assessoria de Imprensa Facesp)


Comentários

Nota Importante: O Portal Garça Online abre espaço para comentários em suas matérias, mas estes comentários são de inteira responsabilidade de quem os emite, e não expressam sob nenhuma circunstância a posição/opinião oficial do Portal ou qualquer de seus responsáveis em relação aos respectivos temas abordados.