Fábio Dias
16/09/2021
Garça ACIG 

Acig parabeniza consumidor garcense pelo Dia do Cliente, comemorado ontem

Ontem, dia 15 de setembro, foi comemorado o Dia do Cliente. Quem passou pelo Mini Shopping Garça pode se deliciar com uma mesa farta e ser agraciado com um mimo, mas, aqueles que por lá não foram, também são parabenizados pela Associação Comercial e Industrial de Garça – Acig.

Ontem, dia 15 de setembro, foi comemorado o Dia do Cliente. Quem passou pelo Mini Shopping Garça pode se deliciar com uma mesa farta e ser agraciado com um mimo, mas, aqueles que por lá não foram, também são parabenizados pela Associação Comercial e Industrial de Garça – Acig. De acordo com o gerente, Fábio Dias, embora a associação tenha em seu quadro empresários, comerciantes, são os clientes, os consumidores, a maior motivação de todas as ações realizadas. Os clientes, segundo ele, são a mola propulsora.

“Infelizmente não conseguimos organizar uma ação única, deixando em evidência o nosso reconhecimento, pois os clientes são fundamentais. Sem eles, não tem comércio, não tem compra e venda”, falou ele.

Segundo Dias, mesmo não tendo uma ação específica, muitos lojistas realizaram promoções, outros deram brindes e outros, como a equipe do Mini Shopping Garça montou uma mesa com bolos, bolachas e quitutes, além de distribuírem brindes.

“A data é uma oportunidade para que se estreite essa relação entre empresa e consumidor. O Dia do Cliente é comemorado em todo o Brasil e, nessa recuperação da economia, o cliente é fundamental”, frisou Dias.

De acordo com Fábio Dias, embora haja uma data específica, o Dia do Cliente é todo dia e o comerciante, o empresário, diariamente tem que conquista-lo. A relação, de acordo com o gerente, muitas vezes é superficial, e pode ser rompida quando o cliente não se sente satisfeito.

“Existe aquele ditado de que o cliente sempre tem razão. Eu prefiro dizer que cabe ao comerciante, ao seu grupo de colaboradores, saber quando de fato o cliente tem razão e quando, ele pensa ter. É tudo uma questão de orientação, de atendimento, de conquista diária”, completou Dias.

Mesmo o cliente, nem sempre tendo razão, Fábio Dias cita alguns pontos que devem ser considerados, no dia a dia do comércio, nas vendas de produtos ou serviços.

“São pontos simples, como por exemplo, não esquecer daqueles clientes fiéis, que estão sempre ali, prestigiando, valorizando, comprando e, ao mesmo tempo valorizar os novos clientes, fazer com que se sintam únicos, especiais, dar-lhes atenção. Tem um cliente que, geralmente ninguém lembra, que são os funcionários. Eles também são clientes”, comentou o dirigente, salientando que o cliente é a razão da existência da sua empresa.

“Hoje, nós queremos fazer um agradecimento especial a todos os clientes, que confiam e que prestigiam nosso comércio, serviços e indústria”, finalizou Dias.

 

Origem do Dia do Cliente


O Dia do Cliente foi criado no estado do Rio Grande do Sul pelo empresário gaúcho José Carlos Rego, especialista em Marketing e Recursos Humanos. 

Sua ideia era criar uma data diferenciada onde os clientes pudessem ser homenageados, ajudando a desenvolver uma relação de fidelidade entre os consumidores e os comerciantes. 

O Dia do Cliente foi oficializado no Rio Grande do Sul em 2003, mas atualmente já foi aprovado em 14 estados brasileiros e 167 municípios. 

O dia 15 de setembro foi escolhido como Dia do Cliente por ser o Dia Nacional da Defesa do Consumidor. 


Comentários

Nota Importante: O Portal Garça Online abre espaço para comentários em suas matérias, mas estes comentários são de inteira responsabilidade de quem os emite, e não expressam sob nenhuma circunstância a posição/opinião oficial do Portal ou qualquer de seus responsáveis em relação aos respectivos temas abordados.