Lucas Dias
16/12/2019
Garça 

Farmácia Central de Garça começa a funcionar hoje no espaço do antigo ‘Postão’

A partir de hoje, dia 16 de dezembro, a Farmácia Central de Garça passa a funcionar das 7 h às 17h, no antigo prédio do Postão, na Rua Brigadeiro Machado, nº 244, Bairro Williams, ao lado do Hospital São Lucas.  

Anúncio

A partir de hoje, dia 16 de dezembro, a Farmácia Central de Garça passa a funcionar das 7 h às 17h, no antigo prédio do Postão, na Rua Brigadeiro Machado, nº 244, Bairro Williams, ao lado do Hospital São Lucas.  

A Farmácia Central possui uma equipe multiprofissional, capacitada tecnicamente e treinada, composta por farmacêuticos, assistente social, equipe de enfermagem, pessoal administrativo e demais servidores, para atender aos usuários das USFs, de ações judiciais, de relatórios sociais e de processos administrativos. A assistente social atenderá todos os dias da semana, das 7h às 13h, para orientações diversas e confecção dos relatórios sociais.

O objetivo da nova farmácia é centralizar as ações de armazenagem e distribuição de medicamentos aos pacientes, melhorar a qualidade do serviço prestado e a logística. Espera-se com isso alcançar um ótimo nível de controle de estoques, compreendendo todas as atividades, procedimentos e técnicas que permitam garantir a qualidade, no tempo correto de cada item do estoque e a melhoria na utilização dos recursos financeiros para a aquisição de medicamentos.

Até o dia 10 de fevereiro, não haverá mais a distribuição de medicamentos nas unidades de saúde, mas essa mudança já vem sendo gradativa. A partir dessa data a Farmácia Central passará a atender das 7h às 22h, para beneficiar também os pacientes com prescrições médicas geradas na UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Àqueles pacientes com problemas graves de saúde, e que já retiram seus medicamentos e insumos de uso contínuo, permanecerão recebendo nas unidades de saúde, que estão preparadas para fazer as orientações necessárias de cada caso.

Com relação à Jafa, os moradores poderão retirar seus remédios e insumos na própria unidade de saúde do distrito, que possui um farmacêutico para fazer a distribuição adequada, conforme a Lei 13.021 de 2014, que exige a permanência do profissional quando houver dispensação de medicamentos. Foi exatamente a inviabilidade de recursos para o cumprimento da Lei e devido a multas geradas em anos anteriores, que a atual gestão da saúde criou a Farmácia Central.  

“Nós estruturamos tecnologicamente as Unidades de Saúde com novos computadores e um programa de informática eficaz, interligando toda a Rede de Saúde Pública do Município. O receituário eletrônico faz parte dessa inovação tecnológica no município de Garça. A prescrição feita pelo médico, nutricionista, fisioterapeuta, dentista, ou seja, o profissional da saúde, durante o atendimento ao munícipe, preencherá o receituário eletrônico que, automaticamente entra na rede, chegando a Farmácia Central, onde a equipe técnica deixará separada a medicação para que seja retirada, medicante a via da receita que ficará com o paciente”, explicou a secretária municipal de Saúde, Natalli Gaiato Cruz.

Ainda segundo a secretária. “Os paciente que fazem uso de medicamentos de uso contínuo, munidos de receita, também serão atendidos, normalmente, na Farmácia Central. Então, vale ressaltar que, toda essa estrutura que está por trás dessa reorganização dos serviços de saúde é de extrema importância para que possamos garantir e fortalecer a prescrição médica até o ato da dispensação na nova Farmácia Central”.

Caso haja alguma dúvida, a população poderá ligar para o telefone 3471-4959, para receber as orientações que desejar, além das equipes de Saúde da Família que estão aptas a orientar os munícipes durante as visitas domiciliares e nas Unidades de Saúde.


Comentários

Nota Importante: O Portal Garça Online abre espaço para comentários em suas matérias, mas estes comentários são de inteira responsabilidade de quem os emite, e não expressam sob nenhuma circunstância a posição/opinião oficial do Portal ou qualquer de seus responsáveis em relação aos respectivos temas abordados.